O Brasil debaixo do Juízo de Deus. Não há mais ponto de Retorno!

O que os Cristãos podem, e devem, fazer?

“A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e injustiça dos seres humanos que, por meio da sua injustiça, suprimem a verdade. Pois o que se pode conhecer a respeito de Deus é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou. Porque os atributos invisíveis de Deus, isto é, o seu eterno poder e a sua divindade, claramente se reconhecem, desde a criação do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que Deus fez. Por isso, os seres humanos são indesculpáveis. Porque, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças.” Romanos 1:18-21 (NAA - Nova Almeida Atualizada).

O Exemplo da Venezuela

A Venezuela, outrora uma nação com abastança de recursos, em grande parte devido às suas reservas de petróleo, é hoje uma nação em ruínas, um país devastado pela pobreza extrema e por dura miséria. E não é nenhum boato, mas os cidadãos daquela nação hoje comem ração para cães, e quando disponível, para que não morram de fome.

Os venezuelanos não tem a quem recorrer, não há voz que os represente, não há ninguém! Os venezuelanos estão por sua própria conta, e não há nada que possam fazer contra a cruel e enlouquecida ditadura do igualmente enlouquecido Nicolás Maduro. Porém, é preciso que seja dito: Os venezuelanos pediram por isto!

Por longos anos, os venezuelanos idolatraram a pessoa do, agora já defunto, Hugo Chávez, aclamavam-no como um grande líder, pediam-lhe favores, cantavam-lhe canções e lhe festejavam o nome. Havia venezuelanos que se ajoelhavam diante do Monstro Ditador Socialista, e pediam ainda mais daquele veneno. O resultado é o que hoje se vê. E foi da boca de um cidadão venezuelano que ouvimos a seguinte frase: "Pobre povo venezuelano! Tão perto dos políticos, e tão longe de Deus!".

Não bastasse isto, já desde a década de 90, os venezuelanos já eram conhecidos pela violência que o povo cometia nas ruas, o povo, os cidadãos venezuelanos, também conhecidos por sua corrupção desenfreada, corrupção não só do Governo, mas também do povo. E seus líderes continuavam a receber grande aclamação popular, enquanto Deus recebia, da parte dos venezuelanos, nada além de desprezo.
E a mesma coisa tem acontecido no Brasil, cujo momento de juízo da parte de Deus já chegou, e assim como na Venezuela, também no Brasil, simplesmente não há a quem recorrer.

O que aconteceu a Israel quando os Judeus desprezaram a Deus

É preciso termos em mente o que foi dito pelo apóstolo Paulo:

“Pois tudo o que no passado foi escrito, para o nosso ensino foi escrito, a fim de que, pela paciência e pela consolação das Escrituras, tenhamos esperança.” Romanos 15:4 (NAA)

Israel desprezou a Deus, mesmo após terem visto a abundância das generosidades de Deus para com aquele povo. E por esta causa, deles disse o Senhor:

“Assim diz o SENHOR a respeito deste povo: “Eles gostam de andar errantes e não sabem controlar os pés. Por isso, o SENHOR não se agrada deles; agora ele se lembrará das maldades que fizeram e os castigará por causa dos seus pecados.” Jeremias 14:10 (NAA)

Por causa da sua recusa em dar ouvidos a Deus, os judeus foram entregues à completa ruína.

“O SENHOR me disse ainda: Não interceda por este povo para o bem dele. Quando jejuarem, não ouvirei o seu clamor e, quando trouxerem holocaustos e ofertas de cereais, não me agradarei deles. Pelo contrário, eu os consumirei pela guerra, pela fome e pela peste.” Jeremias 14:11,12 (NAA)

Ora, se Deus assim teve de agir para com aquele que outrora era chamado de o povo de Deus (os judeus), os quais foram rebeldes a ponto de se tornarem a si mesmos inimigos de Deus, como Deus não castigaria também homens e mulheres ímpios que insistem em afrontar a Deus com sua rebeldia e com os seus pecados? Como também escreveu o apóstolo Pedro:

“Porque chegou o tempo de começar o juízo pela casa de Deus; e, se começa por nós, qual será o fim daqueles que não obedecem ao evangelho de Deus? E, “se é com dificuldade que o justo é salvo, que será do ímpio e do pecador?”. 1 Pedro 4:17,18 (NAA)


O Brasil já está em um Ponto sem Retorno. Não há mais remédio. E tudo irá piorar! Não se deixe iludir por fantasias!

Se a situação do Brasil e do mundo for melhorar, então o Senhor Jesus Cristo não sabia o que estava dizendo quando solenemente afirmou:

“Então Jesus lhes disse: Nação se levantará contra nação, e reino, contra reino. Haverá grandes terremotos, epidemias e fome em vários lugares, coisas espantosas e também grandes sinais vindos do céu. Antes, porém, de todas estas coisas, vocês serão presos e perseguidos.” Lucas 21:10-12 (NAA)

O que se vê hoje no Brasil é um povo vorazmente devasso e corrupto, um povo que, por todos os lados, despreza a Deus e não lhe dá ouvidos. Por isso o juízo de Deus já começou a ser derramado sobre o Brasil, e já não há mais possibilidade de retorno! Não há socorro humano que possa salvar a nação brasileira do que já começou a chegar.

À semelhança de um paciente terminal, para quem já não há mais remédio, o Brasil caminha, e com os próprios pés, para densas trevas. E por esta causa, por não darem ouvidos ao Filho de Deus, o Senhor Jesus Cristo, o povo dos carnavais e das paradas gays, das procissões de ídolos mudos, o povo que se detém diante dos espetáculos macabros das novelas televisivas com suas ofensas à família, um povo que, assim como na Venezuela, idolatra políticos e "celebridades" da imoralidade e das zombarias contra Cristo, o povo do "temos que levar vantagem em tudo", já começou a experimentar a amarga experiência da desaprovação de Deus. E tendo já o Senhor decretado juízo sobre a nação brasileira, quem o poderá impedir?

“Eu sou Deus. Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e não há quem possa livrar alguém das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá?” Isaías 43:12,13 (NAA)

Uma Igreja Evangélica infestada de pessoas interesseiras que somente pensam em si próprias, alheias ao amor de Cristo.

 

Quando uma multidão de cerca de cinco mil pessoas foi alimentada pelo Senhor Jesus Cristo, quando ele multiplicou cinco pães e dois peixinhos, dando de comer e fartando toda aquela multidão, e depois de encheram doze cestos de pedaços dos cinco pães de cevada, que sobraram depois que todos tinham comido, esta mesma multidão buscou Jesus, mas não o encontrou. E, tendo-o encontrado no outro lado do mar, lhe perguntaram: Mestre, quando o senhor chegou aqui? E atentemos bem na resposta que o Senhor Jesus lhes deu:

 

Jesus respondeu: Em verdade, em verdade lhes digo que vocês estão me procurando não porque viram sinais, mas porque comeram os pães e ficaram satisfeitos. Trabalhem, não pela comida que se estraga, mas pela que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do Homem dará a vocês; porque Deus, o Pai, o confirmou com o seu selo. João 6:26,27 (NAA)

 

Está se tornando cada vez mais grave a situação e o estado de muitos que oram a Deus e que frequentam igrejas pensando somente em bens materiais, e buscando fazer negócios e trocas absurdas e antibíblicas com o Senhor Deus. Olhe você próprio para as suas motivações em buscar a Deus. Pois está escrito:

 

“Eu, o SENHOR, sondo o coração. Eu provo os pensamentos, para dar a cada um segundo os seus caminhos, segundo o fruto das suas ações.” Jeremias 17:10 (NAA)

 

Os ímpios e os pagãos, os que não conhecem a Deus, buscarão nos políticos a solução para o caos que já está se instalando no Brasil, confiando na força de suas próprias manifestações de ruas (que não surtirão efeito), enganados, e também manipulados pela mídia e por pesquisas fraudulentas, acreditarão que as eleições (que no Brasil são apuradas secretamente pelo Tribunal Superior Eleitoral - TSE) serão a solução para uma nação contra a qual Deus está francamente indignado. Mas a solução não virá! E por esta razão, é preciso, e também imperioso, que os Cristãos estejam bem preparados e atentos para o que já começou a acontecer no Brasil.

O que os Cristãos podem, e devem, fazer?

A primeira coisa que devemos fazer, e depressa, é nos achegarmos a Deus o mais possível, lendo incansavelmente as Escrituras, a Bíblia, orar e clamar a Deus por sua proteção. Pois, ainda que a nação brasileira afunde por completo, Deus tem o poder de preservar os seus santos pela força do seu grande poder e pelas riquezas da sua fidelidade para com os que verdadeiramente amam o Filho de Deus, o Senhor Jesus Cristo.

Embora o Brasil já esteja afundando, isto não significa que nós, os Cristãos, afundaremos juntamente com os que desprezam a Deus, e isto porque o mundo inteiro está no mesmo barco, enquanto a Igreja de Cristo está na Arca, que nos tempos de Noé prefigurava a Cristo, o Messias que já veio, o único que é verdadeiro, e também o mesmo que prometeu:

“Você guardou a palavra da minha perseverança. Por isso, também eu o guardarei da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para pôr à prova os que habitam sobre a terra. Venho sem demora. Conserve o que você tem, para que ninguém tome a sua coroa.” Apocalipse 3:10,11 (NAA)

A segunda coisa a ser feita pelos Cristãos, neste período final de tribulações irreversíveis, e que estão apenas começando, está em 1 Pedro:

“Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamar as virtudes daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. Antes, vocês nem eram povo, mas agora são povo de Deus; antes, não tinham alcançado misericórdia, mas agora alcançaram misericórdia.” 1 Pedro 2:9,10 (NAA)

Ainda que atingidos pela fome e por muitas privações, pela pobreza, pelo desemprego e pela grande violência que já está se espalhando por todos os cantos do Brasil, muitos brasileiros (certamente a maior parte) não mudarão em nada o seu comportamento de inimizade contra Deus. E muitos blasfemarão contra Deus e atrevidamente se voltarão contra Cristo.

“Todos odiarão vocês por causa do meu nome; aquele, porém, que ficar firme até o fim, esse será salvo.” Mateus 10:22 (NAA)

Como escreveu o apóstolo Pedro, e como acabamos de ver, em meio a uma nação que cada vez mais se rebelará contra Deus, difamando-lhe o nome, nós os Cristãos precisamos cumprir a nossa missão enquanto peregrinamos como forasteiros que somos por este mundo apodrecido, bendizendo a Deus e falando, a todos quanto pudermos, bem do Senhor nosso Deus.

Enquanto o mundo fala mal de Deus, nosso dever é falar bem do Senhor. Contar a todos sobre as maravilhas do bom caráter de Deus, proclamar a todos a Sua fidelidade e o seu grande amor, em nome do Senhor Jesus Cristo, e por causa do nosso amor a Ele.

Nós, Cristãos, somos espiritualmente o oposto do que é o mundo, e também o Brasil.

“Façam tudo sem murmurações nem discussões, para que sejam irrepreensíveis e puros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual vocês brilham como luzeiros no mundo, preservando a palavra da vida.” Filipenses 2:14-16 (NAA)

Juntamente com o que acima foi dito, a nossa missão, como Cristãos verdadeiros, é anunciar a Cristo a todo o tempo! Falando e proclamando as bondades de Deus e pregando o Evangelho da Salvação, pois estes são os interesses de Cristo, os quais precisam estar acima dos nossos próprios interesses, sejam eles quais forem.

Precisamos, nós os Cristãos, proclamar, com ousadia e destemor, as maravilhas de Deus e anunciar o Evangelho de Cristo seja nas ruas, nas esquinas, nos mercados, no trabalho, nas escolas, nas universidades, na vizinhança, nas redes sociais, nas Igrejas, nos nossos lares, enfim, por todos os lugares por onde Deus nos enviar, e em todos os lugares onde tivermos sido postos pelo Senhor.

Fazendo assim, não estaremos sendo infrutíferos, e também estaremos atuando e trabalhando pelo Evangelho de Cristo, e poderosamente, nas mãos de Deus, como filhos amados, e também estaremos fazendo frente ao diabólico “politicamente correto”, que nada mais é do que um esquema global cuja finalidade última é calar os Cristãos e perseguir a Igreja.

 

Quanto mais politicamente correto você for, mais distante de Deus você estará!

 

Quem não é por mim é contra mim; e quem comigo não ajunta espalha. Senhor Jesus Cristo. Mateus 12:30 (NAA)

E por fim, lembremo-nos do que, também de modo solene, nos afirma o Senhor Jesus Cristo:

“Portanto, não tenham medo deles. Pois não há nada encoberto que não venha a ser revelado, nem oculto que não venha a ser conhecido. O que lhes digo às escuras, repitam a plena luz; e o que é dito para vocês ao pé do ouvido, proclamem dos telhados. Não temam os que matam o corpo, mas não podem matar a alma; pelo contrário, temam aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo. Não se vendem dois pardais por uma moedinha? Entretanto, nenhum deles cairá no chão sem o consentimento do Pai de vocês. E, quanto a vocês, até os cabelos da cabeça de vocês estão todos contados. Portanto, não temam! Vocês valem bem mais do que muitos pardais. Portanto, todo aquele que me confessar diante dos outros, também eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus; mas aquele que me negar diante das pessoas, também eu o negarei diante de meu Pai, que está nos céus.”

SENHOR JESUS CRISTO, Mateus 10:26-33. (NAA)
 

 


 

 

Home